Eróstrato - Memória Perversa

Data(s) e Horário(s): 06/12 às 20:00h, 13/12 às 20:00h

Local: Rua Gamboa de Cima 03, Centro (ao lado do Quartel dos Aflitos)

Preço: 20,00 (inteira) e 10,00(meia entrada)

Mais Informações

Em sua quinta temporada, o Espetáculo ‘Eróstrato - Memória Perversa’ faz parte da grade de dezembro do Teatro Gamboa Nova. A peça é uma releitura do conto presente no livro “O Muro”, de Jean Paul Sartre.

 

Eróstrato, na história antiga, foi um cidadão comum da cidade de Éfeso que queria fama a qualquer custo. Para alcançar a glória eterna, foi capaz de incendiar o templo de Artemis para seu nome ser conhecido pelas futuras gerações. Assim, Eróstrato busca, antes de tudo, redenção.

 

Redenção por nossas vidas catatônicas e aprisionadas. Redenção para todos que habitam e vivem nessa realidade megalomaníaca. Também quer reconhecimento. Quem nos reconhece em todas pequenas explosões diárias? Quem ainda enxerga vida, enquanto nos arrastamos mortos para o próximo dia de trabalho? Quem sacia essa fome, essa histeria coletiva?

 

Todos os dias, na ida ao trabalho, à biblioteca, à faculdade, quem é impassível de surtar? Quem é impassível de calar todas as vozes para que a nossa fale mais alto? Eróstrato nos traz à nossa essência: Quem de nós somos apenas metades? Como sabemos em que momento as histórias são verdadeiras? Em que momentos nos afogamos em nossas próprias histórias?

 

A partir destas inquietações, espera-se promover no público uma reflexão acerca dos modos de vida da cotidianidade adaptados a realidade soteropolitana, mas que já eram discutidos por Sartre no fim dos anos 30.

 

Classificação etária: 18 anos

 

Ficha Técnica

Direção/adaptação/cenário/figurino: Marcos Sampaio

Criação/atuação: Alberto Abreu

Projeto gráfico/assessoria: Andreza Cerqueira

Fotografia: Fernando Lopes

Produção executiva: Letícia de Moraes Falleiro

Apoio Financeiro

Desenvolvido Por:

WebD2 Desenvolvimento Web