Maria – um rito para a minha avó

Data(s) e Horário(s): 02/03 às 20:00h, 03/03 às 17:00h, 03/03 às 20:00h, 04/03 às 17:00h, 30/03 às 20:00h, 31/03 às 17:00h, 31/03 às 20:00h

Local: Rua Gamboa de Cima 03, Centro (ao lado do Quartel dos Aflitos)

Preço: 20,00 (inteira) e 10,00(meia entrada)

Mais Informações

Maria – um rito para a minha avó, solo de Leandro Santolli estreia no Teatro Gamboa Nova. Trata-se de um teatro documentário autocrítico sobre os exatos últimos dias de uma avó, sob o olhar de um neto que, em suas memórias, comemora um aniversário que nunca existiu.

 

Essa dura jornada emocional, acompanhada de perto pelo intérprete com sua avó, inspirou a criação de um solo absolutamente tocante. Burilada com enorme zelo, a dramaturgia percorre caminhos instigantes, equilibrando-se com habilidade entre a exposição de episódios reais e sua eventual recriação com toques de ficção.

 

A encenação reforça no palco essa fina harmonia entre o documental e o poético, evidenciada no flerte aberto com a performance e refletida em cada elemento da peça. Em atuação meticulosa, mas nem um pouco fria, o ‘neto’ ganha a plateia e faz de um espetáculo sobre a morte uma ode à vida.

 

“Tamanho grau de envolvimento poderia gerar um dramalhão lacrimoso, mas, felizmente, não é o que acontece aqui.” – explica Santolli, que é graduado em Marketing e em Licenciatura em Teatro pela Universidade Federal de Sergipe e atualmente estuda Direção Teatral na UFBA, sendo parceiro da programação do Teatro Gamboa Nova nos últimos anos.

 

Classificação: 12 anos

Ficha Técnica

Direção e Concepção: Leandro Santolli

Colaboração: João Sanches e Tina Mello

Assistência de Produção e Audiovisual: Filipe Silveira

Assessoria: Paula Berbert | Lindete Souza

Execução de Figurino: Leonardo Teles

Cenografia: Leandro Santolli

Iluminação: João Sanches

Apoio Financeiro

Desenvolvido Por:

WebD2 Desenvolvimento Web